Respiração Consciente – Exercícios Diários

Eis alguns exercícios simples, porém muito eficazes. São chamados de Respirações Conectadas e foram divulgadas por Leonard Orr em suas vindas ao Brasil. Você pode escolher um deles e pratica-lo diversas vezes ao dia ou realizar todos eles em seqüência. Sinta-se à vontade para praticar. Sempre se recomenda descansar e relaxar, de preferência com os olhos fechados, antes de repetir o mesmo exercício, ou entre um exercício e outro, para poder sentir e integrar as sensações e sentimentos.

1. Exercício das 20 Respirações Conectadas

Inspire e expire pelo nariz. Faça 4 respirações curtas seguidas de 1 profunda. Repetir 4 vezes esse pequeno ciclo completando assim as 20 Respirações Conectadas. As respiração devem ser conectadas, ou seja, quando terminamos a inspiração já começamos a expiração e quanto terminamos a expiração já começamos a inspiração, sem intervalo. Chega um momento em que parece que a inalação e a exalação se fundem como uma coisa só. Deve-se fazer com entusiasmo, porém sem nunca forçar. A exalação, que é o espelho de nossa entrega, aceitação e confiança, deveria ser totalmente relaxada e sem esforço, como um balão que se esvazia sozinho. O ritmo não é lento e nem muito rápido, mas sim ativo.
É um exercício indicado tanto para os iniciantes, como também para aqueles que já praticam a Respiração de Renascimento regularmente.
Fazer esse ritmo respiratório uma ou duas vezes ao dia nos leva, dentro de um ano ou menos, a plena consciência da respiração.

2. Exercício das 3 ou 6 Respirações Nasais Alternadas

Para realizar este exercício, fazemos o mudra Vishnu com a mão direita e usando esta mão tapamos a nossa narina direita com o dedo polegar e para começar a seqüência exalamos pela narina esquerda e em seguida inalamos pela mesma narina esquerda. Em seguida, tapamos a narina esquerda com os dedos anular e mindinho e abrimos a narina direita exalando por ela. Na continuação inalamos pela narina direta, invertemos os dedos, e exalamos pela narina esquerda. Isto completa um ciclo. Continuamos inalando pela esquerda e expirando pela direita, e assim por diante, até completar 3 ou 6 ciclos. A mão esquerda fica descansada sobre o joelho esquerdo fazendo o mudra Chin.
Este exercício limpa e ativa os nadis (canais energéticos) localizados em cada uma das fossas nasais, fazendo com que a energia flua melhor por nossos corpos. Os iogues recomendam fazer este exercício de uma a três vezes por dia. Em um ano os benefícios são enormes.

3. Exercício das Respirações Alternadas, repetindo o mantra “Om Namaha Shivaiya”.

Este é o mesmo exercício que o anterior, porém, depois de cada inalação retemos o ar enquanto repetimos mentalmente o mantra “Om Namaha Shivaiya”. Depois exalamos.
OM significa Ser Infinito, NAMAHA significa Manifestação Infinita e SHIVAIYA significa Inteligência Infinita. Além do seu significado divino este mantra, por sua sonoridade e pela vibração de suas sílabas, contém um enorme poder. A prática constante irá mostrar o seu valor. Use-o também quando estiver fazendo afirmações importantes.

4. Exercício das 20 Respirações Conectadas com a língua entre os dentes.

Faça 20 Respirações Conectadas pelo nariz (conforme o exercício 1), mantendo a língua entre os dentes com os lábios fechados, respirando pelo nariz. A ponta da língua pode ficar para cima, atrás de seu lábio superior, ou para baixo, atrás de seu lábio inferior. Essa respiração ajuda a aliviar a raiva e também é recomendada às pessoas que costumam ranger os dentes durante o sono, ou mesmo acordadas. Deve-se fazer este exercício quando se está com raiva, zangado, enfastiado e também antes de dormir.

 

5. Exercício das 20 Respirações Conectadas pela boca, com a boca aberta.

Faça 20 Respirações Conectadas, porém agora com a boca bem aberta e respirando sempre através ela. Abra a boca o mais que puder, sem ficar desconfortável. A língua deve estar relaxada. Essa respiração traz à tona sentimentos e bloqueios reprimidos. Se as emoções forem muito desagradáveis se pode voltar a respirar de forma conectada pelo nariz para integrá-las com mais facilidade.

6. Exercício das 20 Respirações Conectadas pelo nariz, com a boca aberta.

Faça 20 Respirações Conectadas, com a boca bem aberta, porém respirando pelo nariz. Abra a boca o mais que puder, sem ficar desconfortável. Deixe a língua relaxada. Essa uma forma eficaz de eliminar energias negativas estagnadas no corpo e na mente.

7. Exercício das 20 Respirações Energéticas Silenciosas

Faça 20 Respirações Conectadas sem ruído, inspirando e expirando tão suavemente quanto possível, de forma que o ar não faça ruído algum ao entrar ou sair das fossas nasais. O propósito deste exercício é desenvolver a sua consciência sobre a Energia. Você irá perceber que é mais fácil se conectar com a Energia através da suavidade e do relaxamento. Essa respiração é ótima para meditar e perceber o fluir da energia no corpo, assim como o fluir da respiração. Também é muito boa para pessoas com dificuldades para respirar pelo nariz. Ajuda a desbloquear as têmporas e a superar os resfriados. É bom finalizar este exercício com 3 respirações energéticas ruidosas.

8. Exercício das 20 Respirações Conectadas – 9 por 1.

Faça 20 Respirações Conectadas – pelo nariz, mudando o ciclo para 9 respirações curtas e 1 profunda. Repita esse circuito duas vezes. Essa respiração ajuda a sair da letargia, da falta de energia, da preguiça, da imobilidade.

9. Exercício da Respiração Intuitiva

Respire de forma livre, mas sempre conectando a inspiração com a expiração (sem pausas entre elas). Essa é chamada de Respiração Intuitiva e você deve fazê-la da forma que se sentir mais natural. Deixe que o padrão da sua respiração seja guiado pela sua intuição e aproveite para observar todas as partes do seu corpo que estão envolvidas nesse processo.

Leonard Orr (tradução Tom Cau)

Contatos com a Escola Líder de Ouro -mautama@liderdouro.com.br

Deixe uma resposta