Serenidade

O AMOR é o perfeito equilíbrio, a unidade de vida e consciência, verdadeira essência que permeia todos os universos e realidades. Perceber e SER uno a este AMOR é nossa principal como seres humanos, e o resultado de tal união é a serenidade.
A serenidade é a virtude evolutiva que nos permite manifestar a plena aceitação da verdade, é o sentimento de paz absoluta advindo da compreensão da perfeição da vida. Praticando a meditação, e a união consciente com esta verdade, mantemos a mente serena, que é capaz de obter o discernimento em qualquer situação, expressando de maneira pacífica e consciente as “melhores ações” em qualquer momento.
A autoconfiança em nossa essência, o SER AMOR, é a chave para que possamos manifestar nosso poder de cocriadores com tranquilidade e equanimidade. Através deste despertar da percepção da unidade, a paz é a vibração resultante, que promove uma constante ascensão de energias, purificando e transmutando, auxiliando-nos a obter um grau cada vez maior de autoconsciencialidade.

A chave para despertar a serenidade é atenção no coração, quando honramos naturalmente nossos impulsos evolutivos e vontades de maneira natural, com coragem e atitude, porém com suavidade e paz de espírito. A serenidade é uma conquista de valor imensurável, a meta prática que podemos e iremos atingir praticando o AMOR, a fraternidade e o bem entre todos.


Gratidão, Paz e AMOR
Mautama

This entry was posted in Virtudes que valem ouro. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta